quarta-feira, 3 de setembro de 2014

dos planos vazios (ii)


A Flor do Equinócio (1958), Yasujirô Ozu

Sem comentários:

Enviar um comentário