segunda-feira, 8 de abril de 2013

Tudo se gasta

Dos sentidos; ou dos sentimentos - sei lá!

"- Eu sei o que isso é. A pessoa procura esquecer, mas não dá resultado. O que tem a fazer é, pelo contrário, acolher com amabilidade os pensamentos desagradáveis.
- Que diz você, Mike?
- Lembre-se de tudo quanto possa, do princípio até ao fim. De cada vez que isso chegue, faça a mesma coisa, sem nada omitir. Depressa tudo se gasta, desaparecendo aos bocados, até nada ficar. Experimentei, e deu resultado."

o inverno do nosso descontentamento, John Steinbeck, Edição «Livros do Brasil» Lisboa, p. 105

Sem comentários:

Enviar um comentário