quinta-feira, 18 de abril de 2013

dos de(s) e dos da(s)

Da palavra ao gesto, a cada vez que destoam, vai uma torpe distância, que não é somente uma distância de verdade - ela é dotada de factual existência -, mas que é essencialmente a distância da verdade. Falaste, e então?

Sem comentários:

Enviar um comentário